Cuidados em tempo seco, poeira e excesso de calor.

 

20170913_164756

Por Ana Carolina de Resende

Olá Dialogues. Com a baixa da umidade relativa do ar e o calor intenso devemos ficar bem atentos e dobrar os cuidados com os nossos pimpolhos. Alertamos quanto à prevenção de doenças respiratórias, assim como causas mais amenas de ardência e ressecamento nos olhos, boca e nariz.

As vias aéreas são uma das partes do nosso corpo mais sensíveis a essas variações climáticas, de acordo com a médica Ana Paula Moschione Castro, da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai). “O ar tem que chegar ao pulmão a uma temperatura de 36ºC, com umidade de 60%. Em dias secos, o nariz tem que trabalhar muito para garantir que o ar fique nessas condições”, explica.[1]

Com esse tempo crianças com renite e asma são as que mais sofrem com transtorno respiratório.

Nesse período há vários cuidados que podemos introduzir no dia a dia com nossos filhos.

Vamos às dicas:

  1. Oferecer a eles bastante líquidos;
  2. Ofertar frutas ricas em líquido;
  3. Laranjas e outras que têm vitamina C são aliadas para reduzir as crises de rinite, mais frequentes com a baixa umidade;
  4. Evitar ofertar a eles frituras e industrializados;
  5. Se o bebê mama apenas no peito, convém oferecê-lo mais vezes;
  6. Em caso de desconforto respiratório, colocar soluções fisiológicas no nariz da criança e fazer inalações somente com soro para aliviar;
  7. Havendo irritação nos olhos vale pingar algumas gotas de soro e fazer uma limpeza para umidificar o local;
  8. Em casa, a higiene do ambiente com pano úmido no chão e nos móveis é fundamental para eliminar o acúmulo de poeira e evitar crises de alergia;
  9. Também é importante manter os ambientes arejados, seja com umidificadores, toalhas molhadas ou baldes de água (longe do alcance das crianças);
  10. A pele também merece atenção especial neste período. Evite banhos com água muito quente, que provocam o ressecamento da pele, e verifique com o pediatra do seu filho se é caso de ele usar um creme hidratante.

ATENÇÃO: É preciso consultar um especialista se a tosse do seu filho vier acompanhada de febre e falta de ar, pois o ressecamento das vias aéreas pode provocar crises de alergia, como a asma. O mesmo deve ser feito caso os olhos da criança permaneçam irritados por mais de três dias, mesmo depois da higienização com o soro.

[1] http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2014/09/medicos-dao-dicas-de-como-amenizar-desconforto-por-clima-seco.html

Autor:

Advogada licenciada, filha, esposa e mãe. Atualmente assessora jurídica, estudante de psicopedagogia e Visão sistêmica. Apaixonada por textos, diálogo, cotidiano, vivências e viagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s