Marcos do desenvolvimento – Primeiros passos

Por Ana Carolina de Resende

Olá dialogues hoje eu venho falar dos primeiros passos da Beatriz. Isso mesmo! Agora ela está a caminhar pela casa e digo, é uma sensação indescritível vê-la passar pelos cômodos com certa independência.

Desde os 10 meses Beatriz anda com apoio, porém ela foi andar realmente sozinha agora com 1 ano e 3 meses. Nós lá em casa sempre adotamos a postura do “sem pressa” “cada coisa há seu tempo” “todos temos um tempo certo” e o mesmo foi feito com relação aos primeiros passos da Beatriz.

Lógico é super válido incentivar, estimular levando tudo da forma mais natural possível. O que não dá é para surtar, uma vez que, seu filho não começou a andar sozinho com 10 meses como o filho da vizinha.

Um fato que incomoda muito é a competição no mundo da maternidade, eu me assusto que a concorrência humana venha também para o amado mundo dos filhos.

O certo é que não existe uma idade determinada para que o bebê comece a caminhar. Alguns deles começam a caminhar aos nove meses, e outros aos doze ou treze meses de idade.

Passados 18 meses é que os pais devem começar a preocupar-se acaso o bebê ainda não dê seus primeiros passos. Neste caso, é necessário que procurem ajuda de um pediatra para que recebam a orientação necessária, ou que descartem algum problema nesse sentido.

Durante esses últimos meses observamos que as comparações com relação às crianças são enormes, porém cada ser humano é único. Nenhuma criança é igual à outra e isso torna cada uma especial. Essas comparações não são saudáveis para nós e muito menos para nossos filhos.

Portanto, adotando essa linha de compreensão é preciso paciência para esperar que cada fase seja vivenciada de maneira tranqüila. Paz e bem!

Um beijo a todos. WhatsApp Image 2018-03-13 at 7.35.39 PM

À nós mulheres

Por Ana Carolina de Resende

dia da mulher

Felicidades a todas as mulheres. Estou vivendo em uma época onde posso ver de perto muitas evoluções muitas conquistas no universo feminino e me sinto imensamente feliz por isso. Hoje sou mãe de uma menina e mesmo quando eu era apenas mais uma menina meu desejo sempre foi que as mulheres fossem a cada dia mais amadas e respeitadas. Que conseguíssemos o nosso lugar ao sol. Com a chegada da Beatriz cresceu ainda mais o meu desejo de bem aventurança ao universo feminino.

Aproveito aqui para parabenizar a minha Irmã exemplo de mulher, mãe, esposa e profissional pela sua dedicação e força, por fazer coisas de mil sendo apenas uma. Vi você não imagina o tamanho da minha admiração por ti.

Parabenizo a minha mãe a primeira figura feminina a mim apresentada, colo onde fui gerada e seio onde fui alimentada. Foi meu sustento e formação. De ti experimentei o melhor perfume e o maior cuidado.

Parabenizo a minha filha, minha hoje pequena que nos meus sonhos será grande repleta de ideais e um coração aberto ao amor. Amo te eternamente.

Nessa trindade de mulheres tão importantes ao meu viver é que parabenizo vocês meninas no dia de hoje oferecendo-lhes o que for tido por cada uma como o melhor da vida!

Sejam o que quiserem é tão gostoso agradar a nós mesmos…

Feliz 8 de março!