Meus 35!

IMG-20190604-WA0002

Por Ana Carolina de Resende

Meus 35 anos.

Eu hoje me sinto vintage, no sentido conotativo. Chego aos 35 anos, não podendo falar que estou com a barriga negativa e o bumbum sarado, pois estaria mentindo, mas posso afirmar que estou de alma leve, descobrindo que atualmente, a meu sentir, melhor do que quilos a menos é livrar-me do peso da mente, das preocupações infundadas por simplesmente acreditar que o meu espírito é quem deve estar em forma.

 Desta forma eu não citarei aqui inverdades a meu respeito, a verdade é que nem todo dia consigo fazer exercícios, mesmo sendo uma pessoa disciplinada.  Hoje eu procuro sair de casa para exercitar quando eu realmente acho que é o dia, sem muita paranoia.

Aprendi admirar os benefícios das caminhadas ao ar livre (nada de dias fixos o negócio é quebrar rotina), elas ajudam-me a recompor de um dia cheio traz-me boas energias e prazer aliada a boa música e paisagem.

Trabalho com o que amo, leitura e escrita e o melhor de tudo em prol das pessoas. Com o apoio de meus pais consegui galgar a advocacia e realizar meu sonho profissional de infância.

Tenho nos últimos anos desfrutado, em abundância, da leitura diária como hábito e tenho adquirido muita bagagem de livros maravilhosos, uma herança que tem me auxiliado no autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

Orgulho-me do que já vivi, tenho encanto por minha trajetória por cada batalha e conquista. Hoje degusto cada instante do meu presente como único. Beatriz tem ajudado nisso me ensinado o quanto cada instante é valioso.

Agradeço a Deus a minha vida, meu clã, meu amado esposo, nossa filha, às pessoas a minha volta.

 Não relato aqui os problemas por acreditar que a existência deles se conclui com a solução. Muitos deles estão aqui em forma de agradecimento, pois ao serem solucionados serão minhas glórias, assim como, as dores e alegrias que se transformarão em legado.

Logo, o fato de não citar problemas, não está relacionado a não tê-los, vez que eles são frutos da caminhada, desta feita, assim como as coisas boas eles estarão sempre comigo.

Acredito que o otimismo, a bondade e o entusiasmo são ferramentas que nos auxiliam a criar nossa própria realidade. E acredito ainda que, todos nós precisamos ter uma postura diante da vida.

Peço hoje a paz na resolução dos conflitos me entregando a reflexão, aos meus e aos desafios que vier.

Paz e bem!

Autor:

Advogada licenciada, filha, esposa e mãe. Atualmente assessora jurídica, estudante de psicopedagogia e Visão sistêmica. Apaixonada por textos, diálogo, cotidiano, vivências e viagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s