“Graça fundamental para a nossa espiritualidade é a capacidade de não julgar.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O julgamento é próprio das pessoas que se sentem justiceiras, são movidas pela própria justiça interior, mas é uma justiça subjetiva, porque cada um é justo de acordo com a sua medida.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Aquilo que me agrada é justo🤔, aquilo que me desagrada eu acho que é injusto.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Porém, não conhecemos todas as coisas, pois somos movidos pelos critérios que criamos e que nos deram. Só existe um critério verdadeiro, aquele que vem da Verdade. Como não sou a verdade, você não é a verdade, e a Verdade é Jesus🌿, deixemos que todo e qualquer julgamento seja exigido por Ele”. O julgamento é próprio das pessoas que se sentem justiceiras, são movidas pela própria justiça interior, mas é uma justiça subjetiva, porque cada um é justo de acordo com a sua medida.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
É o que traz Evangelho de hoje:
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
“Não julgueis, e não sereis julgados. Pois, vós sereis julgados com o mesmo julgamento com que julgardes; e sereis medidos, com a mesma medida com que medirdes” (Mateus 7,1-2).
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Tenhamos uma linda semana.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🦋 Dialogue.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📷:ClicksdaVi @virginialigiaresendeIMG_20200622_065311_641

Autor:

Advogada licenciada, filha, esposa e mãe. Atualmente assessora jurídica, estudante de psicopedagogia e Visão sistêmica. Apaixonada por textos, diálogo, cotidiano, vivências e viagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s